Notícias

CAMPANHA OUTUBRO ROSA EM MARCOLÂNDIA CULMINA COM PALESTRA MINISTRADA PELO MASTOLOGISTA DR. LUÍS AYRTON; FOTOS

Data de Publicação: 01/11/2022

 

A gestão “Amor e respeito pelo povo” que tem à frente o prefeito, Dr. Corinto Matos, segue trabalhando em prol dos cuidados com a população, juntamente com a Secretaria Municipal de Saúde gerida pela secretária Domitília Alencar.

Alusiva a Campanha Outubro Rosa, foi realizada na Câmara de Vereadores, nesta terça-feira, 1º de novembro, uma palestra ministrada pelo mastologista, Dr. Luís Ayrton. O objetivo foi repassar orientações sobre prevenção ao câncer de mama e em geral destacar fatores que contribuem para o desenvolvimento da doença na população.

Neste ano, o tema nacional da campanha instituto pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA) é “Eu cuido da minha saúde todos os dias. E você?”.

O prefeito Dr. Corinto esteve presente e deu boas-vindas ao público. “É um cuidado com a vida. A prevenção é muito mais barato que o tratamento. É uma oportunidade ímpar”, disse.

Mencionando a enfermeira Mônica Rodrigues que é coordenadora da Atenção Primária e fez um relato de luta contra a doença, bem como destacou o nome da secretária Domitilia, o prefeito parabenizou a equipe.

“Estão de parabéns pelo grandioso evento do outubro rosa culminando com essa palestra, a importância de um tema tão difícil e um dos cânceres piores da sociedade. Essa palestra é para abrir a mente e quebrar nosso preconceito, e olhar com mais zelo e mais amor para nosso povo. É uma satisfação enorme receber um médico com tanta presteza e desenvoltura na área”, concluiu Corinto.

O palestrante Luís Ayrton enumerou muitos fatores importantes que contribuem para disseminação do câncer na sociedade. Um deles, é o material plástico encontrado nos lares, restaurantes e diversos estabelecimentos.

Luís enfatizou que o uso de recipientes plásticos proporciona o avanço da doença no homem.

“O plástico é um grande vilão de câncer. Só devamos usar o mínimo possível e ninguém tem que ter garrafa de plástico na geladeira, nem fugir dos exames médicos desnecessários e seguir a orientação médica correta. Também são importantes para nossa saúde a prática de exercícios, uma dieta controlada para que possa ter um impacto positivo na nossa saúde”.

Na oportunidade revelou satisfação em estar na cidade de Marcolândia e recomendou a substituição por objetos de vidro como garrafas, entre outros.

“Para a gente foi um enorme prazer estar aqui em Marcolândia. As mulheres são muito participativas e estamos divulgando verdadeiras informações sobre os cuidados com as mamas, sobre o câncer porque são importantes. Nós temos esse contexto de cuidar da saúde, de se defender dessas doenças e conhecer a importância do meio ambiente no impacto. E esses cuidados foram trabalhados aqui”.

“Me senti muito honrado com a presença do prefeito, um gestor sensível à problemática de saúde na cidade e também fiquei surpreso com a participação da comunidade”.

Segundo disse na palestra, uma viagem até a Europa por exemplo, equivale a 13 exames de mamografia. Isso está relacionado a quantidade de radiação absorvida.

Ele recomenda que exames desnecessários, ou seja, aqueles que as pessoas pedem sem necessidade, sejam evitados para não se expor à grandes quantidades de radiação.

A secretária de Saúde, Domitília Alencar, fez uso da palavra. Ela agradeceu a presença de todas as equipes de saúde e servidores das secretaria de Educação, Assistência Social, entre outros órgãos. Domitília mencionou Maria Carvalho que é mãe do médico mastologista.

“Temos essa palestra com uma pessoa tão renomada do Piauí. Muito obrigada a todos e ao Dr. Luís Ayrton”, falou a secretária.

Mônica Rodrigues é coordenadora da Atenção Primária. Ela fez a apresentação do evento e muito emocionada falou da sua história de luta contra o câncer. A enfermeira foi diagnostica aos 24 anos de idade.

“Bastante difícil, complicado, principalmente por ser profissional da saúde e principalmente por estar começando um ciclo novo de minha vida que seria o meu filho. Ter me casado, já ter o primeiro filho. Na época eu já era enfermeira e ele tinha apenas quatro meses de vida. Para mim foi um abalo muito grande, mas em primeiro lugar a Deus em segundo lugar eu confiei nele, em Luis Aiyton que realmente é uma referência na mastologia dentro do estado do Piauí e no Brasil. Extremamente conhecido, confiei nas condutas dele acertadíssimas por sinal e a partir daí também passei a lutar pensando na minha família e no meu filho”.

“Todos esses fatores foram uma soma para que eu pudesse realmente ter conseguido a minha cura. Eu tinha apenas 24 anos quando tive o meu diagnóstico e já vão fazer 21 anos. Hoje sou considerada como curada. Faço os meus exames periodicamente e tento seguir as orientações pelas quais ele disse, como atividade física, alimentação. E principalmente por ser profissional de saúde, saber que a gente tem que orientar o que é correto”, concluiu Mônica.

Coordenadora da Vigilância em Saúde de Marcolândia, Vera Dias, destacou que o ponto principal é a prevenção porque ela é mais barata do que fazer o tratamento.

“Foi bastante discutido que a melhor forma de fazer prevenção é evitar usar produtos químicos, radiações. Utilizar um alimentação adequada, o cuidado com o meio ambiente, o apoio psicológico e o amor entre as pessoas ajudam no combate ao câncer de mama que é uma das maiores causas de morte no Brasil e no mundo”, destacou.

Desde o dia 24 de outubro o município de Marcolândia mobiliza diversas ações alusivas ao Outubro Rosa.

Durante os dias 24 e 25 de outubro, em média, 300 mulheres foram atendidas com triagens (verificação de pressão e glicemia capilar), exame clínico das mamas, citologias oncóticas, atendimento de saúde bucal com aplicação de flúor, avaliação nutricional, exames de ultrassonografia de mamas (realizadas dia 26/10 na UBAS da COHAB) e mamografias (realizadas no dia 27/10/22 na clínica Imediata).

Além disso, houve sorteios de vários brindes para as mulheres que participaram da campanha.

No total, foram realizadas 261 aferições de pressão arterial, 216 verificações de glicemia capilar, 158 exames clínicos de mama, 117 citologias oncóticas, 112 atendimentos em saúde bucal, 134 avaliações nutricionais, 56 exames de ultrassonografia e 45 mamografias.

 

 

 



PREFEITURA MUNICIPAL DE MARCOLÂNDIA

CNPJ: 41.522.269/0001-15

  • RUA PORFÍRIA MARIA DE SOUSA, 21 - Bairro: CENTRO - CEP: 64.685-000 - MARCOLÂNDIA/PI
  • Telefone: (89) 3439 - 1174
  • E-mail: prefmarcolandiapi@gmail.com