Potencialidades

CULTIVO E PRODUÇÃO

CULTIVO DE MANDIOCA, PRODUÇÃO DE FARINHA DE MANDIOCA E PRODUÇÃO DE ENERGIA EÓLICA.

...

POTENCIAL AGRICOLA:

 

O MUNICÍPIO DE MARCOLÂNDIA TEM SEU POTENCIAL DE PRODUÇÃO E CULTIVO AGRÍCOLA, BASEADO NA PLANTAÇÃO DE MANDIOCA, OS AGRICULTORES DO MUNICÍPIO POR SER UMA REGIÃO DE SERRA E MUITO FAVORÁVEL AO CULTIVO DO TUBÉRCULO (TERMO BOTÂNICO), E COM BAIXA PRECIPITAÇÕES PLUVIOMÉTRICA. PLANTAM EM LARGA ESCALA A MANDIOCA QUE SERÁ USADA NA PRODUÇÃO DE FARINHA E GOMA (POLVILHO). PROMOVENDO BOA PARTE DA RENDA FAMÍLIA E AGRICULTORES DESTE MUNICÍPIO.

 

 POTENCIAL INDUSTRIAL DO MUNICIPIO:

 

AS FABRICAS DE FARINHA BENEFICIAM A MANDIOCA POR MEIO MECÂNICO E MANUAL, PARA PRODUÇÃO DE FARINHA E GOMA (POLVILHO), SENDO UMAS DAS MAIORES ATIVIDADE INDUSTRIAL DESTE MUNICÍPIO, PROPORCIONANDO RENDA E FAZENDO GIRAR O DINHEIRO PARA FORTALECIMENTO DOS COMÉRCIOS MUNICIPAL.

 

POTENCIAL DO COMERCIO:

O MUNICÍPIO DE MARCOLÂNDIA DISPÕES DE VARIADOS COMÉRCIOS DENTRE ELES: PADARIAS, SUPERMERCADOS, AÇOUGUES, SACOLÕES, POSTO DE GASOLINAS, HOTÉIS, POUSADAS, BARES, RESTAURANTES, LANCHONETES, PIZZARIAS, FEIRA LIVRES AOS DOMINGOS, LOJAS ROUPA CALÇADOS, FARMÁCIAS, OFICINAS, BORRACHARIAS, CHURRASCARIAS E ETC. O FORTALECIMENTO COMERCIAL VEM POR MEIO DE SER UMA CIDADE DE ENTRONCAMENTO DIVISA DE DOIS ESTADOS PI/PE, E TEM UMA ELEVADA TAXA DE PASSAGEM DE PESSOAS, POR MEIO DE CAMINHÃO, CARROS E ÔNIBUS, UM POSTO DE ARRECADAÇÃO FISCAL QUE E UM DOS MAIORES DENTRE OS PIAUIENSE. 

 

O POTENCIAL DE PRODUÇÃO DE ENERGIA EOLICA NO MUNICIPIO:


PELO MENOS R$ 7,1 BILHÕES ESTÃO SENDO INVESTIDOS NA CHAPADA DO ARARIPE, FAMOSA PELOS VENTOS, ABRANGENDO SETE MUNICÍPIOS DO SUDESTE PIAUIENSE. PELOS CÁLCULOS DOS INVESTIDORES, DAQUI A DOIS ANOS, OS PARQUES EÓLICOS PRODUZIRÃO O DOBRO DA CAPACIDADE DO QUE O ESTADO PRODUZ EM ENERGIA. AS PRIMEIRAS TURBINAS COMEÇAM A PRODUZIR EM JULHO DESTE ANO.

OS INVESTIMENTOS ESTÃO SENDO FEITOS PELO CONSÓRCIO CASA DOS VENTOS, ABRANGENDO OS MUNICÍPIOS DE CALDEIRÃO GRANDE, MARCOLÂNDIA, PADRE MARCOS, SIMÕES, CURRAL NOVO DO PIAUÍ, PAULISTANA, BETÂNIA DO PIAUÍ, ALÉM DE ARARIPINA, NO ESTADO DE PERNAMBUCO.

CERCA DE  R$ 35 MILHÕES VEM SENDO EMPREGADOS EM APERFEIÇOAMENTO TECNOLÓGICO DA POPULAÇÃO DA ÁREA ENVOLVIDA, MELHORIA DA ESTRUTURA DE ALGUMAS ESCOLAS PARA RECEBER CURSOS DE FORMAÇÃO, SANEAMENTO BÁSICO E MELHORIAS NAS ESTRADAS DE ACESSO AOS LOCAIS DE INSTALAÇÃO DOS PARQUES, COMO INFORMA O EMPRESÁRIO CLÉCIO ELOI, DIRETOR EXECUTIVO DO CONSÓRCIO.

TERÁ UMA CAPACIDADE INSTALADA NA ORDEM DE 1,4 GIGA WATTS (GW) DE ENERGIA. COM ISSO, O PIAUÍ PASSA A PRODUZIR 181% DA ENERGIA QUE FOI CONSUMIDA NO ANO DE 2013 E PODERÁ SER EXPORTADOR DE ENERGIA.  

FABIO/ARQUIVO MUNICIPAL